segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Aceitação do mundo virtual!

A paixão virtual é um estado alterado de consciência, em que a pessoa concentra suas energias numa fantasia.
Apaixona-se pelo sentimento, pela felicidade, pelo sonho, muito mais do que pela pessoa real. Na paixão não se vê os defeitos ou os problemas referentes ao ser amado, vê-se apenas o estado de graça, o prazer.
Principalmente nesses casos de paixão virtual, as pessoas apaixonam-se mais por si mesmas, pela sua capacidade de seduzir e se envolver, do que pelo outro. Não estando em contato direto com o amado, a paixão que acontece é apenas um reflexo : "eu me apaixono por estar apaixonado",
"eu me apaixono por uma sensação" em oposição a "eu me apaixono por uma pessoa".
A sensação principal que leva a esse sentimento de paixão virtual é o desejo da aceitação. Ama-se aqueles que nos aceitam e nos tratam bem.
Ama-se a sensação de ser bem tratado. Não importa a idade, a aparência física, os defeitos ou dificuldades que o outro tenha na vida cotidiana:
só o que importa são os momentos de prazer quando se está em contato, seja através de mensagens ou de chat. E essas paixões, por existirem apenas no mundo da fantasia, se tornam às vezes ainda mais fortes que nas relações reais, uma vez que só se vê no outro e só se mostra o que se quer.
Virtualmente, não existem pessoas feias. Basta ser simpático, que nossa imaginação já transforma o outro em bonito, agradável, sensual. A sensualidade está nas palavras, não nas atitudes reais. Todas as mulheres são bonitas e todos os homens são carinhosos e sensuais, porque isto é o que buscamos no outro. É por essa imagem que acontece a paixão virtual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário